quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Amor ou desamor,qual sua linguagem?

Olá amigos,já pensaram qual é a sua maneira de expressar amor aos que te rodeiam?Há um livro de Gary Chapman, que se chama "As cinco linguagens do amor" e trata a respeito das formas que as pessoas podem expressar e também sentir o amor.De acordo com o autor, conselheiro familiar há mais de trinta anos, há cinco maneiras básicas: palavras de afirmação, tempo de qualidade, presentear, atos de servir e toque físico.As palavras de afirmação são aquelas onde se elogia a pessoa, que eleva sua auto estima.O tempo de qualidade é aquele tempo que dedicamos a pessoa,a ouvimos com atenção,realizamos algo divertido com ela.O ato de presentear todo mundo sabe como é, vai dos "mimos" até os presentes mais elaborados.Os  atos de servir são todas as ações  que demonstram nosso cuidado com a pessoa, desde o servir um copo d'agua, até preparar um prato especial que ela goste.O toque físico é toda manifestação de carinho através do toque: o abraço, as mãos dadas, o "cafuné".Segundo o Dr.Chapman "o amor não depende exclusivamente das emoções.Amor é o que você faz e diz, não apenas o que você sente."
Baseada nesta afirmação, fiquei pensando: E quais são as linguagens que expressam o desamor?Sim,porque muitas coisas que se faz e diz, expressam a falta de amor.Então percebo que o contrário das linguagens citadas acima, são as linguagens do desamor : palavras negativas, falta de tempo para com a pessoa, deixar de presentear até naquela data tão importante, atitudes de descaso e falta de toque físico.
Precisamos saber que assim como é importante compreender as linguagens do amor, é fundamental refletir sobre as do desamor.Que palavra feia...DESAMOR...Resolvi tocar neste assunto porque há duas postagens anteriores testemunhei sobre a restauração do meu casamento, da minha família e da minha vida, há alguns anos atrás e sei como estas formas de desamor causaram a desestrutura no meu lar.
Sabe quando não ponderamos as palavras e elas saem afiadas e amargas como o fel?E quando arrumamos tempo pra tudo e pra todos, menos pro nosso marido(ou esposa) e filhos?Quando consideramos bobagem presentear...Quando agimos de má vontade pra fazer aquela comidinha que o marido pede há semanas,prepar-lhe um suco gelado ou aquela massagem quando ele chega exausto...e o pior, na minha opinião, quando um beijo ou abraço parecem desnecessários...Essas são expressões de falta de amor e é um mau sinal na relação...Não me refiro somente aos casais, porque pais e filhos também sentem o desamor que vai consumindo a relação...
Mas como já afirmei e vou sempre declarar: creio no Deus da restauração, que pode restaurar o amor nas relações. Na relação entre casais, pais e filhos, irmãos...A Bíblia afirma: Deus é amor.E também que o amor é derramado em nossos corações pelo seu Espírito!(Romanos 5:5).
Precisamos estar atentos para a linguagem que estamos usando e o que estamos expressando.Se for a falta de amor, precisamos pedir a ajuda de quem é a fonte do perfeito amor e Ele próprio vai tratar de nos suprir a carência.
Beijos e um ótimo dia!

24 comentários:

  1. Graça e paz Gisele!
    Excelente reflexão sobre o desamor!
    Há tempo para todos os compromissos do dia a dia, mas aquele tempo de parar e apenas ouvir o próximo é cada vez mais raro.

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)
    Gostaria de lhe convidar para que comentasse a minha crônica “Dois copos com águas”. Ok?
    Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Jefh,
    agradeço a visita e sinta-se à vontade por aqui.Estarei visitando teu blog sim.
    Abraços, fica na paz!

    ResponderExcluir
  3. Muito bacana Gi. Gostei mesmo suas mensagens são elaboradas e nesse caso me classifico nos mimos e formas de servir, mas a mensagem nos leva tambéma refletir sobre como muitas vezes passamos a linguagem do desamor e algumas vezes involutariamente. Então é i,portante rever nossos relacionamentos. Beijinho florzinha, fica com Deus!

    ResponderExcluir
  4. Olá querida Gisele,muito importante o texto,maravilhosa reflexão,sempre que venho aqui encontro uma mensagem que me leva a refletir como anda minhas atitudes.Como anda meu amor ao próximo?Deus continue fazendo você um canal de vitórias pra nós.Beijos,fica com Deus!

    Querida,eu fiz um mimo pra vc,um selinho ta la no blog!passa lá pra pegar,espero que goste.

    ResponderExcluir
  5. Linda mensagem de amor amiga, concordo com a parte que diz "palavras negativas, falta de tempo para com a pessoa, deixar de presentear até naquela data tão importante, atitudes de descaso e falta de toque físico." Tanta gente que diz que ama e sabe amar e escreve sobre o amor mas não tem demonstrado isso..e é doloroso, uma contradição..FALAR É MESMO É MUITO FÁCIL, díficil é demontsrar isso na realidade não É mesmo?Contudo quem não conheceu JESUS ainda não saberá o que realmente significa o VERDADEIRO AMOR..

    amo-te n'Nele..

    Shalom

    ResponderExcluir
  6. Gi, que linda mensagem querida...me fez refletir sobre muitas coisas!falar que suas mensagens são uma benção já é redundância rsrs!
    É bom sermos exortados e ensinados sempre...

    bejus
    a paz

    ResponderExcluir
  7. Oi amiga, bela mensagem que o Senhor continue te abençoando para abençoar!! Um coisa que os cristão esquecem ou não sabem é que o Amor de Deus ja esta derramado em nossos corações, não precisamo e nem devemos andar por sentimentos Rm 5:5 O amor é como um músculo e o que precisamos é exercitar-lo e a unica maneira é colocando em pratica!! Uma bela noite amiga

    ResponderExcluir
  8. Oi Gi!
    Um tempo atrás li no blog da Tarci sobre as linguagens do amor, desse autor senão me engano e mais uma vez vendo-as aqui me identifico com algumas e vejo que preciso estar atentas a elas. Muitas pessoas se expressam de uma maneira, outras de outra.
    Quando vc fala do desamor, das palavras afiadas, que ferem profundamente lembro também de muitas vezes que sem querer acabamos ofendendo. Graças a Deus que vamos crescendo espiritualmente e assim moldados para amar mais semelhante a Jesus. Apezar de eu estar longe ainda disso, procuro dar o meu melhor.

    Amiga, eu te dei uns selinhos também...iguais os que você ganhou da Fabi Padovan...será que foram os mesmos ou vc se enganou? rsrsrs.
    Dá uma olhadinha no meu blog, tá na postagem do dia 15/02 os selos pra você.

    Beijinhos e fica na paz!

    ResponderExcluir
  9. Olá cheguei minha linda, eu conheço bem estas palavras afiadas que fere, olha, é sim desamor de quem usa, mas ainda bem que Deus restaura tudo, faz tudo novo, tem poder para mudar tudo e colocar amor no coração de quem se dispõe mudar. Lindo seu texto. te amo viu?? Bjs na testa!

    ResponderExcluir
  10. Oi Rô,
    fico feliz com tua participação aqui no blog!
    Ontem mesmo falava com uma amiga sobre o poder que Deus tem de nos restaurar e colocar o amor em nosso coração.É verdade, só precisamos estar dispostos.
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida,
    concordo que às vezes nossas palavras afiadas ferem mesmo não sendo esta a intenção...mas Deus vai nos dando o controle sobre a língua.rsrs
    Quanto ao selinho, me perdoa amiga se eu fiz confusão,vou olhar direitinho...
    Beijos querida

    ResponderExcluir
  12. Oi Íris,
    gostei muito da tua colocação sobre o coração ser um "músculo" e precisa é ser exercitado.
    Beijos amiga, um bom dia!

    ResponderExcluir
  13. Mel querida, que bom que tu tens refletido sobre as mensagens pois acredito que precisamos sempre rever nossas ações,no teu blog também reflito as minhas!
    Beijinhos,fica na paz!

    ResponderExcluir
  14. Oi Nair,tens razão querida o amor não se expressa apenas com palavras ou conceitos,temos que demonstrá-lo na prática,mas às vezes nem percebemos isso...
    Beijos no teu coração!

    ResponderExcluir
  15. Oi Rita,
    obrigada pelo selinho amiga,eu adoro!Vou buscá-lo depois porque to no intervalo do almoço.rsrs.Estou preparando uns selinhos pra demonstrar meu amor pelos amigos queridos que tenho!Ah minha linguagem é dar presentes, então...
    Beijos querida!

    ResponderExcluir
  16. Oi Priscila, realmente é triste quando percebemos que estamos passando a linguagem do desamor...que Deus nos dê o discernimento sempre.Eu também adoro mimos e tenho aprendido a servir, pois é a linguagem principal do meu maridão.
    Beijos amiga,fica na paz!

    ResponderExcluir
  17. Amiga querida, hoje Deus só esta falando comigo sobre isso...uhau.

    Obrigada por mais um post que tocou meu coracao.

    Vou analisar minhas acoes.

    Bjim para vc e nao esuqece de orar por mim.hehe

    Pra. Thaís

    ResponderExcluir
  18. Thaís minha amiga, oro por ti sim e por tua família e conto com tuas orações também...meu CD já está indo pra duplicação!!!
    Beijinhos fica na paz!

    ResponderExcluir
  19. Oi Gi....gostei da mensagem e já li este livro, muito bom mesmooo! Nos ajuda a conseguir compreender melhor aos outros e nos expressarmos da melhor forma possível para querer o bem do próximo!!!

    Bom findi semana pro cê!!!

    Grande Beijooo

    ResponderExcluir
  20. Vale a pena ler o livro mesmo Danny,e também tem a versão para crianças sabia...
    Beijoo linda, boa noite!

    ResponderExcluir
  21. Ai Gi, amei este post!

    Nunca entro aqui e saio vazia.
    Agradeço a Deus por sua vida Amiga!

    Agora? Onde eu Adquiro esse livro? O infantil também?

    Bjs, aguardo resposta lá no meu bloguito!

    ResponderExcluir
  22. Oi Elaine,fico feliz que o meu blog acrescenta algo na tua vida querida!Quanto ao livro, podes adquirir nas livrarias evangélicas da tua cidade vou explicar melhor no teu bloguito...
    Beijos linda!

    ResponderExcluir
  23. Gi, tem selinho pra vc lá no meu blog. Beijinho!

    ResponderExcluir
  24. Olá Gi,

    Sempre aprendemos mais neste espaço que é o BLOG DA GI.

    Eu já ouvi falar desse livro AS CINCO LINGUAGENS DO AMOR, mas não o li ainda. No momento estou lendo MAX LUCADO (GENTE COMO A GENTE).

    beijos
    Suely

    ResponderExcluir