segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

O Ato de ver

Oi amigos!
Estudando para um trabalho da faculdade, me deparei com algumas palavras de Rubem Alves que são de grande significado, então resolvi compartilhar com vocês.Ele fala que as crianças têm olhos dotados de uma qualidade que,para os gregos, era o início do pensamento: a capacidade de se assombrar diante do banal, ou seja, daquela borboleta colorida que pousa numa poça d'agua, de um botão de flor desabrochando, de uma formiga carregando seu alimento...Rubem Alves define o ato de ver explicando que "há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem".Creio que suas ideias reflexivas sobre a "visão" além do que os olhos podem ver, nos levam a refletir sobre como estamos vendo o mundo, as pessoas e as situações...Percebi que na correria do dia a dia, não tenho me assobrado com o banal, na verdade nem o tenho visto...Mas lembrei que já tive este olhar, e ainda o tenho quando abandono o corre corre, quando sento sem pressa em frente ao computador e admiro as imagens lindíssimas que são exibidas nos emails que recebo(pois quando estou com pressa dou "enter" e nem aprecio as imagens,somente o texto), quando vou ao sítio do meu pai e contemplo o céu em meio aos morros,as borboletas de cores diversificadas, os pássaros de diferentes espécies procurando comida...
Também desenvolvo este olhar, quando respiro fundo o ar da manhã e vou caminhando para o meu trabalho,observando o céu iluminado pelo sol que timidamente está nascendo e a lua se despedindo, quando agradeço a Deus por mais um dia que ele me concede de viver em atividade...Interessante que após ler o artigo de Rubem Alves(na sexta-feira), passei a tentar olhar com os olhos de uma criança, e hoje pela manhã desviei meu olhar do lixo que sempre observo acumulado nas calçadas e pude enxergar uma árvore que está no meu trajeto cheia de flores brancas, lindíssima, e eu não tinha visto...Acreditem!Me surpreendi pois foi só tentar olhar diferente que pude contemplar outras belezas no mesmo cenário diário.
Com que olhos estamos enxergando nossa vida? Será que conseguimos ver o lado positivo em uma situação aparentemente negativa?Conseguimos enxergar algo bom em pessoas que tem atitudes ruins?Podemos contemplar a beleza das flores no campo, ou só conseguimos ver as ervas daninhas?
Pensando bem acho que ainda tenho o olhar de uma criança, todos nós podemos ter,  porém nem sempre fazemos uso dele.O ritmo alucinante do dia a dia, nos impede...A visão muito prática de tudo não nos permite  usá-lo...
E mais uma frase citada por Rubem Alves,porém inspirada nas palavras do Senhor Jesus, me faz desejar parar tudo e me deter sob este olhar:"Quem não muda sua maneira adulta de ver e sentir e não se torna como uma criança jamais será sábio".


Beijos e um olhar sábio pra todos nós!!!

12 comentários:

  1. Quantas coisas boas podemos adquirir se pararmos para analisar o comportamento de uma criança, que possamos viver como elas.

    Muito boa a reflexão Gisele! Você faz qual curso na faculdade?

    Por que você sumiu do meu blog? Senti sua falta. Pensei que você nem estava escrevendo mais. Aparece lá moça! Inclusive, te presenteei com um selo.

    Deus te abençõe!

    ResponderExcluir
  2. Oi Filipe,
    estou cursando pedagogia pois atuo na área mas havia trancado a faculdade...
    Capaz que sumi do teu blog...Acompanho todas as postagens, às vezes não deixo comentário pela correria mas tô sempre por lá, não se sinta abandonado,rsrs.
    Beijinhos, fica na paz!

    ResponderExcluir
  3. "0LHAR DIFERENTE"...É ver além do que nos é mostrado.
    É ver com a nossa imaginação.
    Beijos amiga.
    FICA COM DEUS.

    ResponderExcluir
  4. amo suas reflexões,esta frase informativa sobre o olhar da criança é mesmo cheia de revelações,por isso em Cristo sempre somos gratos,porque olhamos cada detalhe que Ele transforma em nossa vida,também me fez lembrar e entender melhor algumas reações de meu filho.Beijos no seu coração.

    ResponderExcluir
  5. Gi que verdade essa. Se nos olhamos as coisas ruins veremos o mau. Se tirarmos os nosso olhos do mal, veremos as lindas cosas que Jesus criou.

    Deus ilumine os nossos olhos e nos de sua visão.

    Pra. Thaís

    ResponderExcluir
  6. Oi amiga que reflexão linda e abençoada!! Gosto de dizer que precisamos ver as coisas como Deus ver,pois só assim podermos ver a bela no meio do caos, a alegria no meio da tristeza. Que cada manha possamos usar os óculos de Deus para enxergar o melhor ao nosso redor.Um abraço e uma bela tarde

    ResponderExcluir
  7. Olá Gi,

    Passei pra deixar uma beijinho.
    E desejar uma semana cheinha de realizações!!!

    Estou sempre por aqui,tah!

    Bjinhos mil

    ResponderExcluir
  8. Oiii,boa tarde meu amiga,que lindo ,amei,queria te deixar uma palavra também...Hoje, entendo que anjos nada mais são que pessoas e que Deus colocou em nosso caminho para servir de luz e guiar nossos passos pela estrada da vida.
    Resumindo: anjos na minha visão são amigos especiais.brigadooo vc e teu blog são especiais,uma semana com muita luz!!!

    ResponderExcluir
  9. Giii, ontem a noite mesmo estava conversando com meus pais sobre isso, gostei da postagem, que possamos ver além, afinal "o essencial é invisível aos olhos".

    Tem mais selinhos pra você lá no blog.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi amigas!
    Não pude responder os recadinhos antes, então vai meu carinho coletivo pra Clélia, Alessandra,Thaís, Iris, Elaine,Val e Tarci.Fico feliz com seus comentários!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  11. mais uma vez uma linda palavra! Os olhos são realmente a entrada da nossa alma...basta alimentá-los de beleza que tudo se transforma ao nosso redor!!
    è impossivel tendo blogs como o seu não ouvir Deus falar conosco através de textos assim!!

    Deus te abençoe ricamente
    bejus

    ResponderExcluir
  12. Oi Mel,
    obrigada querida pelas palavras doces como o teu nome..rsrs.
    Tenho um lindo dia!
    Beijinhos

    ResponderExcluir